United World Project

Workshop

Campanha mundial “A Vaccine for all – Vacina para todos”

Terá início no dia 20 de maio, para promover o acesso de todos às vacinas contra a Covid-19, ao lado de uma ação simbólica de atendimento às populações nativas da Amazônia. Os promotores são de uma rede internacional de organizações de diversas culturas e religiões.

Um mal global só pode ser derrotado com um bem comum global: que todos possam ter acesso à vacinação contra a Covid-19, dando prioridade aos mais vulneráveis ​​e necessitados do planeta, independentemente de sua renda individual e nacional. A decisão da comunidade internacional é urgente: suspensão de patentes para empresas farmacêuticas ou contratos com quantidades e preços mais generosos para os países pobres ou emergentes.

Enquanto pedimos soluções equitativas e urgentes, estamos nos mobilizando para uma campanha de saúde na região amazônica do Pará (Brasil) com o projeto “Barco Hospital Papa Francisco” para as populações dos “ribeirinhos” que não conseguem chegar aos centros de saúde e ter assim direito à assistência social e sanitária.

Este é o cerne do Manifesto que explica o empenho da campanha global “Vacina para todos”, que iniciará no próximo dia 20 de maio, às vésperas do Global Health Summit (Cúpula Mundial da Saúde) do G20, sob a presidência italiana.

É promovida por uma parceria internacional e transversal de movimentos, organizações e centros de pesquisa que está se expandindo neste momento.

Internacionalizar as vacinas – A pandemia Covid-19 está confirmando mais uma vez o quanto os povos da terra estão interconectados e quanto cada escolha local também tem repercussões globais. A campanha “Vacina para Todos” promove ações pró-ativas em prol das nações excluídas das diversas formas de atendimento; estimula os Governos a praticarem o internacionalismo das vacinas, que é o oposto exato do nacionalismo fechado que nunca poderá derrotar o vírus. O objetivo é que todas as pessoas do planeta tenham acesso às vacinas de forma universal, justa, gratuita e rápida. “Queremos o desenvolvimento da capacidade de produção e distribuição das vacinas também nos países pobres do mundo”, diz o Manifesto.

Prevenção, vacina e atendimento médico para os “ribeirinhos” da Amazônia – “Barco Hospital Papa Francisco” – A pandemia Covid-19 tornou ainda mais vulneráveis ​​as comunidades e populações que antes já eram excluídas dos serviços públicos de saúde e viviam isoladas. Na cidade de Óbidos, (região amazônica do Pará – Brasil), o hospital fluvial “Barco Hospital Papa Francisco” está funcionando desde agosto de 2019, atendendo mais de 1000 comunidades ao longo do rio Amazonas. O barco-hospital garante atendimento médico a cerca de 700 mil pessoas que não têm acesso a outras formas de atendimento e não conseguem chegar aos hospitais.

Somente uma campanha mundial de doações pode permitir que o “Barco Hospital Papa Francisco” alcance as comunidades mais isoladas com: vacinas, kit Covid para higiene e prevenção de vírus, materiais de proteção e assistência durante e após a doença, ajuda alimentar básica.

Promotores da campanha: Movimento dos Focolares; AMU (Ação por um Mundo Unido Onlus); Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus (Brasile); Economy of Francesco; Comunità di Sant’Egidio; UCOII – Unione Comunità Islamiche d’Italia; RETINOPERA (Italia) – Programa Latinoamericano de Tierras, hacia una fraternidad posible – Red Latinoamericana y Caribeña de Tierras; Cátedra “Sociedad, Política, Fraternidad”- Universidad Nacional de La Plata (Argentina); ASCES-UNITA Centro Universitário Tabosa de Almeida. Caruarú (Pernambuco – Brasile); RUEF (Rete universitaria per lo studio della fraternità); Promoción Integral de la Persona para una Sociedad Fraterna (Messico)#FareRete Grottaferrata (Italia); ASD Sunrise 1 Roma (Italia); Centro di Cultura per lo Sviluppo “G. Lazzati” (Italia); Nuovi Orizzonti (Italia); CLAdeES (Centro Latinoamericano de Evangelización Social); FOCSIV (Italia); Associazione AFN onlus; Fundacion Igino Giordani (Spagna);  Accademia Kronos (Italia); ACLF – Aljucer, (Spagna); Asociación Humanidad Nueva (Spagna); Asociación por una Economía de Comunión (Spagna); Accademia Kronos (Italia); Asociación “Unidad y Fraternidad” Caravaca de la Cruz (Spagna); Asociación “Levántate y Anda” (Spagna); Religion for peace – Italia; Acciones de Familias Nuevas (Spagna); Ciudades por la Fraternidad (Spagna); Gen Verde – International performing arts group, CONSULUS (Global Innovation Consultancy)

(outras adesões ainda estão acontecendo)

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

A conferência de imprensa online de apresentação será quinta-feira, 20 de maio, às 13:00h (UTC+2).

Palestrantes: Alessandra Smerilli – Subsecretária do Dicastério para o serviço do desenvolvimento humano integral, coordena a task-force Economia da Comissão vaticana COVID-19; Yassine Lafram – Presidente União Comunidades islâmicas da Itália (UCOII); Mario Bruno (Itália) – Presidente do Movimento Político pela Unidade; Conleth  Burns (Irlanda) e Klara Piedade (Brasil) – Jovens por um Mundo Unido do Movimento dos Focolares; Gianfranco Cattai – Coordenador Retinopera (Itália); Stefano Comazzi – Presidente Ação por um Mundo Unido ONG (Itália); Edson Galego, do Brasil, trabalhador da saúde do Barco Hospital Papa Francisco.
Moderadora: Lourdes Hércules (Guatemala).

Conferência de Imprensa – Vacina para Todos (Português):

IT– Conferenza Stampa: Vaccino per Tutti – https://youtu.be/Ts13kYFpqfw
EN
– Press Conference: A Vaccine for All – https://youtu.be/rZzHFqJHhvY
ES – Rueda de Prensa: Vacuna para Todos – https://youtu.be/tpSzwt6hVtU
FR – Conférence de Presse: Vaccin pour Tous – https://youtu.be/4FlvJlYTJeQ


SHARE: