United World Project

Workshop

Emergência na Ucrânia – atualizações

 
 

As seguintes atualizações nos chegam de Mira, uma focolarina eslovena que vive na Ucrânia e trabalha com a Caritas-Spes Ucrânia há muito tempo.

Donar Agora

04 de março – Ucrânia, o compromisso da Caritas-Spes continua

Os primeiros caminhões estão começando a chegar em Lviv e agora estão sendo feitas tentativas para organizar a distribuição.

Segundo a Caritas-Spes 56, os assentamentos de grande e médio porte são os mais afetados.

Entre eles, doze têm uma situação humanitária crítica – Irpin, Bucha, Borodyanka, Vorzel, Ivankiv, Chernihiv, Okhtyrka, Volnovakha, Stanytsia Luhanska, Shchastya, Severodonetsk.

Um centro em Berdyansk foi temporariamente ocupado.

Nos últimos dias, a Caritas-Spes forneceu abrigo a mais de 260 pessoas na Ucrânia ocidental e nos centros de Kiev, Berdyansk, Vinnytsia e Odessa, epicentro dos ataques militares.

A evacuação dos centros familiares e das casas para mães em dificuldade continua ativamente. Os alunos da DBST de Josef Holtzman já estão em Varsóvia e as alas da aldeia de Korotych estão sendo evacuadas com a ajuda de parceiros internacionais e do Comissário para os Direitos da Criança da Ucrânia.

Mais de 485 pacotes de alimentos e almoços quentes e 504 pacotes de fraldas para bebês já foram distribuídos.

Estão sendo feitos esforços para trazer mercadorias humanitárias da Polônia, Eslovênia, Hungria e se está organizando a logística para a distribuição, apesar das auto-estradas estarem bloqueadas e em alguns lugares a ferrovia ser a única ligação.

  • Em Transcarpathia, sanduíches, sopa e bebidas quentes foram distribuídos no posto de controle de Luzhanka.
  • Em Lviv, as filas de espera na fronteira são muito reduzidas, a distribuição de refeições quentes e sanduíches continua.
  • Os produtos humanitários foram recebidos e entregues em Kiev, Irpin, Odesa, Khmelnytsky e também em Lviv, na paróquia onde os refugiados são recebidos. As embalagens de alimentos foram entregues a 30 famílias.
  • A Caritas-Spes Lutsk continua a ajudar 42 órfãos e deslocados internos de Kovel.
  • Berdiansk continua a distribuição de pacotes de alimentos e à noite, nos abrigos, as refeições continuam a ser preparadas para aqueles que pedem hospitalidade.
  • Em Zhytomyr, na aldeia Nova Borova, foram entregues 2 dispensários psiconeurológicos para 80 crianças.
  • A Caritas-Spes em Kamenets-Podolsky está hospedando duas famílias, uma com um filho e outra com dois. Outras 10 pessoas são esperadas de Kharkiv e algumas de Bila Tserkva. Espera-se acomodar um pouco mais de 20 pessoas, no momento, cerca de 15 lugares permanecem livres.

03 de março – Emergência na Ucrânia, apoio às mães, lares e orfanatos

Para a Emergência na Ucraniana, continuamos nossa linha direta com Mira, uma focolarina que vive e trabalha na Ucrânia com Cartias-Spes.

Além dos desafios colocados pela guerra, a Missão continua a de cuidar de orfanatos e lares para idosos.

Atualmente 11 orfanatos de tipo familiar, com 91 crianças, estão localizados nas imediações da zona de combate. Na aldeia de Nova Borova, 2 dispensários psiconeurológicos para 80 crianças foram entregues e uma refeição quente foi assegurada para 42 órfãos e educadores deslocados de Kovel.

No momento também estamos em contato com 18 mães, 28 crianças e algumas freiras que vivem em três casas para mães solteiras com filhos a 27 km de Kharkiv. Para eles, a evacuação é uma questão de tempo.

Entretanto, as necessidades continuam a ser mapeadas para cada região e, dada a escassez de materiais que se aproxima nos próximos dias, estão sendo tomadas providências para receber ajuda humanitária na Ucrânia e para comprar on-line e garantir a entrega do que é necessário.

02 de março – Emergência na Ucrânia, esforços continuam para os deslocados e refugiados

Nossa linha direta com Mira, uma focolarina que vive e trabalha na Ucrânia com Cartias-Spes, continua.

Nos últimos dias, a Caritas Spes Ucrânia conseguiu ajudar mais de 2130 pessoas (a partir de 1 de março).

Nas regiões de Lviv e Transcarpathia, o trabalho de acolhimento dos refugiados continua, criando uma rede de instituições capazes de fornecer alojamento que também possa garantir alimentação, medicamentos e tudo o que for necessário para a ajuda inicial àqueles que tiveram que deixar suas casas.

Em Lviv, na fronteira da Polônia, no posto de controle de Rava-Ruska, a Caritas-Spes Lviv continua a distribuir almoços quentes duas vezes ao dia. Foi distribuído um total de 500 almoços, embora os operadores observaram que as filas de espera na fronteira estão diminuindo significativamente. Muitos sanduíches também foram distribuídos na estação ferroviária de Lviv.

Atualmente, a Missão pode acomodar mais de 2.500 mães com filhos. 750 pessoas já foram acomodadas, mas perto das fronteiras o número está mudando constantemente, já que estes são pontos de amortecimento.

As 14 cozinhas comunitárias da região e Lviv, Lutsk e Zakarpattia organizam refeições para aqueles próximos à fronteira que estão tentando deixar o país, apoiando cerca de 1.000 pessoas.

A ajuda humanitária na forma de alimentos foi recebida, descarregada e entregue em Kiev, Irpin, Odesa, Khmelnytsky, assim como em Lviv, na paróquia onde os refugiados estão sendo recebidos. Pacotes de alimentos foram distribuídos a 30 famílias em Lviv.

01 de março – Emergência na Ucrânia, milhares de pessoas deslocadas em fuga – Linha direta com Mira

O quinto dia de guerra já passou e milhares de pessoas estão tentando deixar o país ou são forçadas a abandonar suas casas, agora destruídas ou consideradas inseguras. Enquanto os homens estão sendo chamados às armas, são principalmente mulheres e crianças que estão fazendo viagens de esperança, por exemplo, para a Polônia. Na fronteira, a Caritas-Spes Lutsk da paróquia de São Pedro e Paulo distribuía alimentos quentes (vareniki, polenta, biscoitos, etc.) para 110 pessoas. A Caritas Spes Lviv organizou refeições para as pessoas que esperavam para cruzar a fronteira com a Polônia.

Os centros também oferecem abrigo aos refugiados nas pequenas cidades próximas a Lviv: Ivano-Frankivsk, Chernivtsi e Ternopil. Até o momento existem cerca de 350 vagas, mas o número está em constante mudança. Normalmente estes abrigos se tornam pontos de residência temporária no caminho para a fronteira. Só ontem mais de 350 almoços quentes foram distribuídos.

Na aldeia Solotvino, perto da fronteira com a Romênia, chá e sanduíches foram distribuídos a 375 pessoas. Em Vynohradiv, 121 pessoas foram alojadas em dormitórios, providas de tudo o que precisavam: cobertores, produtos de higiene, roupas, alimentos.

Em Odessa, a Caritas Spes oferece 3 abrigos. Hoje eles compraram tapetes, água, comida enlatada, etc.

01 de março – Emergência na Ucrânia, o drama das crianças – Linha direta com Mira

Mira, uma focolarina que vive na Ucrânia, nos dá uma atualização sobre as condições da população devastada pela guerra e sobre as intervenções de Cartias-Spes, também apoiada pela campanha de captação de recursos lançada pela coordenação de emergência do Movimento dos Focolares, AMU e AFN.

Os mais vulneráveis nesta guerra, como em todas as guerras, são certamente as crianças, vítimas involuntárias de uma situação que as marcará para toda a vida. Muitas vezes separados de seus pais que ficam para trás para lutar, eles são obrigados a fazer viagens de esperança ou, no melhor dos casos, peregrinações de um refúgio a outro com suas mães e irmãos, crianças.

A Caritas-Spes de Luts acolheu 42 crianças do orfanato Kovel em seu Centro de Integração em Volyn. Também em Volyn, a Associação Médica Regional de Volyn para Maternidade e Proteção da Criança (Hospital Regional Infantil de Volyn) está se preparando para qualquer eventualidade e está organizando abrigos para mulheres grávidas ou puérperas, para crianças em cuidado e suas mães. St. Augustine Caritas-Spes Zakarpattia identificou uma rede de 26 assentamentos (dormitórios, centros de recreação, acampamentos, etc.). Hoje, 2.412 mães com filhos podem ser acomodadas.

Em Lutsk, pacotes de alimentos foram entregues a 20 crianças que sofriam de uma doença rara: a fenilcetonúria.

Para apoiar a população ucraniana, contribuir para a campanha de arrecadação de fundos da Unidade de Coordenação de Emergência do Movimento dos Focolares – AMU – AFN

DONAR AGORA


SHARE: